quinta-feira, 25 de julho de 2013

Always loved you... Cap.27

ta horrivel e demorado, muito demorado mas ta ai!! Me desculpem, vou tentar ser mais rápida com os capitulos e também vou tentar ser mais criativa, inspiração ta terminando
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
estávamos descendo as escadas quando eu vejo duas pessoinhas quase se comendo (se beijando) no sofá. E eram a Angel e o Coala (gentee, relembrando o nome da Angel é Bruna e o do Coala é Felipe). Quase pulei de alegria

você: *pigarreei e eles se separaram* façam isso depois e em um lugar mais apropriado, o JB precisa da gente e eu preciso de comida... Coala, sobe comigo e com o Andy, e Angel... Faz um lanche pra todo mundo, sim isso é uma ordem u.u' e depois nós temos que conversar

terminei de falar aquilo ainda abraçada no Andy -quer dizer, com o Andy abraçado em mim-, a Angel foi correndo pra cozinha e o Coala subiu com a gente. Fico provocando ele até chegarmos no quarto branco. Chegamos no quarto e o JB já pergunta

JB: onde você tava??
Coala: lá em baixo...
JB: posso saber o que o mocinho estava fazendo?
Coala: eu tava tomando água
você: água? Tem certeza que não era saliva?? Quer que eu fale o que você realmente estava fazendo?
Coala: eu tava... com a Angel...
JB: fazendo o que? Trocando as salivas como a (seunome) disse?
Coala: ....
JB: posso imaginar isso como um sim?
Coala: ...pode...
você: ta com medo de dizer que vocês estavam se beijando??
Coala:  ah caralho *ele se exaltou* EU ESTAVA BEIJANDO A ANGEL!!! 

nesse momento a Angel entra com uma bandeja com lanches só que o Coala não percebe e continua gritando

Coala: ALGUM PROBLEMA??? E SE FOR NECESSÁRIO BEIJO DE NOVO
você: beija mesmo?
Coala: se ela quiser 
você: você gosta dela?
Coala: muito
você: ela ta atrás de você

ele vira e vê ela com um sorriso no rosto. Que meigos

você: Angel, você gosta do Coala? (eu bancando o padre) Não precisa responder, eu sei  que sim  u.u

eu falei aquilo e ele já se grudou nela. Eles se beijaram e todo mundo com cara de poker face '-'

você: ta, ok, ok, a gente já entendeu. Coala, vem logo fazer a musica

eles se desgrudaram, o Coala sentou no meu lado e a Angel saiu do quarto branco

você: hey, JB, como vai ser essa?
JB: nessa musica a gente já tem a melodia e só falta a letra... essa musica vai ser tipo um duelo, vamos fazer um improviso, ok?
Coala: tá, só que letra de musica é com a Ursa
JB: mas você vai improvisar
Coala: eu?
JB: é
você: ok, eu vou descer e comer alguma coisa enquanto vocês se divertem
todos: tá

eu sai de lá e fui pra cozinha, a Angel tava lá e eu fiquei implicando com ela

você: ta, parei... Mas, e ai? Ele pediu pra namorar com você?
Angel: não *ela disse meio triste*
você: calma, ele vai pedir

começamos a escutar um barulho infernal de alguém tocando bateria vindo lá de cima, ignoramos

você: tá afim de sair?
Angel: to, mas to com preguiça de ir na minha casa
você: pega uma roupa minha
Angel: to com preguiça de ir lá
você: vem logo

levantei e fui pro meu quarto com ela logo atrás de mim. Entrei no banheiro e deixei a porta aberta pra ela entrar. Fui direto pro guarda roupa e comecei a ver uma calça jeans

Angel: Não, a gente vai de short
você: nem sonhando, deve ta frio na rua
Angel: por isso nós iremos de short e moletom. E eu vou com o teu All-Star, tá?
você: tá

ela escolheu minha roupa. Cara, isso é chato, pelo menos o moletom que ela escolheu pra mim é um dos meus preferidos. No fim eu fiquei com essa roupa e a Angel com essa. Saimos de casa e fomos pra sorveteria que tem aqui perto. Ficamos lá por uma meia hora e depois voltamos pra casa. Chegando lá, abri a porta e vi uma manada de elefantes destruindo tudo. Sim, os "homens" estavam jogando guitar hero e praticamente quebrando tudo. Era o Jake e o Jinxx jogando uma batalha e o resto tava só rindo e bebendo. O Jinxx perdeu. Eles não perceberam que eu e a Angel tínhamos entrado. Nós estávamos paradas enquanto eles discutiam quem ia jogar com o ganhador que era o Jake. Gritei  um "hey" bem alto e todos me olharam assustados achando que eu ia dar bronca

você: duvido alguém ganhar de mim!
Jake: eu ganho
você: vamos ver!

peguei o copo da mão do Ash e tomei tudo num só gole e peguei a guitarra do Jinxx e escolhi uma música. Tocamos a música, e adivinhem, eu ganhei!

você: *dancinha ridicula* ganheeeiii!!!
Jake: foi sorte *ele disse fazendo um biquinho muito fofo*
você: oouwn, não fica assim, na próxima eu te deixo ganhar

ficamos lá conversando até umas 6:23PM e a Angel não estava lá. Liguei pra ela
Ligação~~
você: Aangell!!!
Angel: quee fooi?
você: onde você taa?
Angel: aquii
você: aqui ondee?
Angel: no quarto brancoo
você: fazendo o quee?
Angel: cuidando do Freddie e da Georgia, já que você não cuidaa
você: eu sempre esqueço que tenho filho, que mãe desnaturadaa
Angel: Sobe aqui, owwnn, vem vê a Georgia
você: to indo
Ligação off~

subi e vi que o Freddie tava pulando para um lado e para o outro e a Georgia tava deitada com a barriga pra cima segurando um livro


você: owwn que coisinha fofaa
Angel: né
você: Hey, a gente já vai sair pra comprar os presentes e eu lembrei daquele moletom que você me deu, eu vou usar, ok?
Angel: ok, mas troca de short
você: ¬¬  mas eu quero o meu all-star
Angel: ¬¬ ok...

a Angel deu comida pros totós (cachorros) e nós fomos pro meu quarto e depois pro meu guarda roupa. Ela pegou um short mais claro e o meu moletom que é preto e está escrito "Aye! She's Mine" ela me comprou ele faz uns dias e eu nunca usei. Ela tirou o all-star, me entregou e saiu do banheiro e eu me troquei e fiz a maquiagem (roupa). Depois eu sai e todos já estavam prontos. Saimos e pegamos dois taxis. Quatro em cada taxi. Em um foi eu , a Angel, o Coala e o CC. E o resto foi o outro. Chegamos no shopping e começamos a andar. Eu estava no lado da Angel que tava no lado do Coala e todo mundo olhava o meu moletom, olhava pra Angel  me olhava, depois olhava pro meu moletom de novo.

você: Angel, todo mundo acha que "você é minha" , como diz no moletom
Angel: *ela me olhou* que gente preconceituosa, vamos ver a cara delas

começamos a andar assim, pelo shopping:

e muitos olhavam com cara de nojo, muito estúpidos. Andamos um pouco e eu já estava com fome :3'

CC: essa é das minhas o/
você: sério, vamos pra praça de alimentação
CC: vamoss
Angel: ta

fomos pra praça de alimentação, comemos, caminhamos, compramos os presentes e caminhamos de novo. Caminhamos mais, entramos na galeria, compramos mais comida, caminhamos, e depois de umas varias horas no shopping, fomos embora. Chegando em casa. Olhamos TV. Conversamos. Comemos mais. O Coala levou a Angel pro quarto dele. O Jake disse que ia dormir e pediu que nós nos retirássemos da cama dele, o sofá. O Jinxx e o CC foram pro quarto de hóspedes. E o Ash e o Andy perguntaram se eu iria dormir agora.

você: sintam-se a vontade lá no meu quarto, depois eu vou
eles: ok

eu olhei mais um pouco de TV com o Jake que ainda não tinha dormido e decidi ir pro quarto branco. Quando eu estava subindo as escadas eu comecei a ouvir uns barulhos meio diferentes vindo do quarto do Coala. Ri baixinho e continuei meu trajeto. Entrei no quarto branco e lá estavam meus bebes, dormindo igual a dois anjinhos. Peguei meu celular e coloquei meus fones. Começou a tocar Wonderwall - Oasis. Me sentei em um banquinho e puxei um cavalete com uma tela em branco ((sempre que eu falar telas, eu quero dizer as telas de pinturas)). Peguei algumas tintas e uns pincéis. Ainda não tinha em mente o que desenhar, mas então lembrei da música e lembrei do meu pai, ele sempre gostou de Oasis.

você: vou tentar fazer uma homenagem a ele... mas o que desenhar...

Estava pensando, quando me veio em mente as histórias que ele contava

FlashBack~~
(Seu Nome) 5 anos

estávamos eu, o Fe (apelido carinhoso que eu dei pro Felipe quando era criança), o papai e a mamãe olhando um filme do Mickey. A mamãe vai pra cozinha fazer bolo e nós ficamos olhando o resto do filme. Quando o filme acaba o papai desliga a TV e fala:

Rick: querem que eu conte uma história?
Fe&você:  sim
Rick: é a verdadeira história do Mickey, ainda querem ouvir?
você: sim
Rick: o mickey, na real, é uma caveira....
você: *rindo* é?
Rick: *da um sorriso* aham, quando ele nasceu, a mãe dele não tinha gostado das orelhas dele, eram muito grandes
você: *rindo* muito?
Rick: muito grandes, quase maiores que a do Dumbo. E o Mickey, muito triste porque a mãe não gostava dele, resolveu deixar essa vida
Fe: *triste* ele morreu?
Rick: sim, mas, o que o Mickey não sabia, era que o pai dele o amava, muito
Fe: muito?
Rick: muito, o amor que o pai dele sentia era maior que o universo
você: e o universo é grande?
Rick: o universo é enorme. E, por causa do amor que o pai do Mickey sentia, o nosso querido amigo, Mickey Mouse, voltou a vida
Fe: *sorrindo* voltou?
Rick: sim, meus lindos filhos, ele voltou, mas não do jeito que vocês pensam, metade do coração dele, onde deveria ficar o amor de mãe, está vazio, por isso ele é apenas mais uma caveira no mundo, e se alguma criança não é amada pela mãe, o Mickey visita, ensina a mãe a amar e quando a criança está dormindo ele entra no quarto e...
você&Fe:   o.o'
Rick: enche a criança de....
você&Fe: O.O
Rick:  CÓCEGAAS!!!! *ele começa a fazer cócegas nos dois filhos, que não paravam de rir*
Amanda: Rick! Contando de novo esse tipo de história pros nossos filhos?
Rick: qual é o problema? *para de fazer cócegas e se aproxima da esposa e a abraça*
Amanda: nenhum, mas se eles ficarem com medo você vai coloca-los pra dormir
Rick: vou, é? *beija ela*
você&Fe: iiiiooollllll ((sabe quando você quer expressar nojo e faz tipo um barulho com a garanta? é tipo isso))
Rick: *para de beijá-la e vira pras crianças* se vocês não forem correndo pra cozinha a caveira Mickey vai visita-los à noite
você&Fe:  AAAAAHHHH *vão correndo pra cozinha*

FlasBack Off~~

Sorri lembrando daquele dia. Meu pai sempre nos contava histórias em que o personagem de algum desenho é uma caveira e que à noite visita a uma criança e enche ela de cócegas. Quando eu era pequena eu já sabia que ia terminar em cócegas, mas eu fingia que não sabia, só pra deixa-lo alegre. Deixei uma lágrima escapar enquanto lembrava dele. Eu podia ser muito pequena quando ele morreu mas eu sempre fui muito apegada nele e sinto uma imensa falta dele

você: Queria que você estivesse aqui, pai...

Comecei a desenhar, depois de um tempo o desenho já estava pronto, só usei preto e branco nesse desenho. Ficou assim:


Deixei esse desenho junto com o outro, aquele do coringa e sai do quarto branco. Quando estava passando no quarto do Coala escutei aqueles barulhos(gemidos) de novo, esse povo não cansa? Ignorei meus pensamentos obscenos e desci. O Jake já tinha dormido. Fui pra cozinha e peguei uma maçã. Sentei na bancada e fiquei comendo. Depois que terminei joguei a maçã no lixo e olhei a hora no relógio que tinha na parede ((sério que tava na parede??))  03:20 da madrugada, e eu tinha ido pro quarto branco ás 2:15. Hora de dormir. Entrei no meu quarto, andei sobre as águas ((lê-se dei a volta na piscina)) e percebi que os dois já estavam dormindo. Fui ao banheiro, tirei a maquiagem e coloquei o pijama ((um qualquer ai)). Sai do banheiro e fui pra deitar, só que lembrei que tinham dois macho na minha cama. Mas como estava muito frio eu levantei os cobertores e deitei ao lado do Andy por que ontem ele não fez nada comigo enquanto eu estava dormindo e o Ash eu não sei o que faria 'o.o' . Logo depois que eu já estava coberta por quentíssimas cobertas, eu sinto dois braços me abraçarem. Fiquei pensando:  se eu não tivesse me deitado aqui, será que o Andy ia abraçar o Ash?? Ignorei meus pensamentos e adormeci.

~~~~~
Gente, assim, vai demorar um pouco pro próximo mas prometo que vai ser ENORME      Bvbeijos, até o próximo!!

sábado, 1 de junho de 2013

Divulgando e desculpas!!!

Leitoras queridas, que eu amo tanto, peço mil desculpas, eu sem internet e sem criatividade da nisso. Vou ficar sem postar por um tempo, não sei até quando, mas quando der eu posto. Vim divulgar o imagine da -Bruna Guedes  ( http://imaginecomandy.blogspot.com.br)  adorei esse imagine, eu amo de paixão o filme o motoqueiro fantasma e amo mais ainda o ator Nicolas Cage, e juntar o Andy com o divo (Nicolas Cage) foi muito perfeito. Ansiosa pro próximo capitulo de Anjos do demonio !!!!

Gente, no capitulo 26 do ALY (Always Loved You) eu falo da banda Tenacious D... Sim, essa banda existe e é formada pelo Kyle Gass e pelo Jack Black, eu encontrei algumas músicas deles na pasta do meu irmão e até que eu gostei...

Ahh, eu mudei uns negócio no capitulo 26 do ALY, tem pouca coisa, mas sugiro que leiam, ou não, sei lá, vocês decidem... 

Beijoss! Rafa

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Always loved you... Cap.26

a -Bruna Guedes  e a Chelsea me deixaram muito felix *-*  ta ai a continuação, demorou, mas ta ai.... Se tiver algum erro me desculpem, to fazendo esse na pressa e.e
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Ele vai na geladeira, pega água gelada e toma o comprimido. Ficamos conversando e as pessoas começam a aparecer. Só faltava o Ash

Andy: acho que ele não vai acordar tão cedo

Ficamos conversando e brincando, até que eu lembro que daqui a 2 dias será natal (gente, faltava uns cinco dias, ou quatro, não sei dizer agora, tava indo muito devagar então hoje -de acordo com o imagine- vai ser dia 22/12)

Você: caralh#  o natal tá chegando
Angel: puta que pariu, é verdade

Enquanto os garotos tomavam café da manhã eu e a Angel corríamos pela casa procurando aquelas luzinhas que se coloca na arvore. Eu encontrei umas no pedestal do microfone lá no quarto branco –e eu não faço ideia o porquê elas estavam lá-  e a Angel achou umas no cantinho da bagunça –um mini-mini quartinho (sem móveis) que a gente toca tudo que é coisa dentro-. Colocamos a arvore em um canto da sala e botamos as bolinhas, as luzinhas e tudo lá. Eu liguei e todos foram olhar






(notas da autora: gente linda, a maioria das fotos que eu posto aqui são em preto e branco, eu amo fotos em preto e branco e eu gostei dessa foto então vai essa mesmo e ainda não tinha esses presentes)


















Deixamos as luzinhas ligadas e voltamos pra cozinha tomar café. Já 11:47 AM, o Ash chega na cozinha com uma mão na cabeça pedindo remédio. Dei o remédio e ele foi deitar no sofá. Ficamos conversando sobre o natal e os garotos sempre perguntando o que a gente (eu, Angel e Coala) queríamos de presente. Tivemos uma conversa seríssima porque eu não queria que eles se incomodassem comprando presentes. Então o CC disse pra todos comprarem moletons, que já era uma tradição de família. E essa ideia eu tive que aceitar porque eu amoo moletons *o*' . Hoje a noite nós vamos comprar tudo. Enquanto não chegava a noite nós ficamos conversando e começamos a falar das datas de aniversario. E pensa só, dia 25 de dezembro é natal, dia 26 é aniversario do Andy e dia 27 é o meu aniversario (vai ser, ok?)

Angel: podíamos esperar o dia 28 e comemorar o natal junto com o aniversario do Andy e o da Ursa. O que acham?
Andy: eu acho uma ótima ideia
Coala: eu também
Jake&CC: é uma ótima ideia

esperamos a opinião do Ash, só que ele tava dormindo no sofá

você: claro, mas eu não quero festa pro meu aniversario...
Angel: vai ter festa pro seu aniversario também e não adianta ficar resmungando  u.u' .....
você: ...
Angel: tá bom, não vai ser uma festa muito grande, só pra gente.... E mais umas pessoas
você: '-'   
Angel: tá... só pra parentes 

ficamos conversando, o tempo passou e já era meio-dia

você:  o/  eu faço a comida
Angel: não, hoje eu faço
você: você fez ontem, hoje é a minha vez u.u
Angel: nã-
você: *eu interrompo* eu vou fazer a comida e ponto final  u.u
Angel: ...

no fim foi ela que fez a comida '-'

você: Felipeee, porque tu disse que não era pra ela deixar eu fazer o almoço???
Coala: eu não quero morrer envenenado
você:  '-'

ela fez o almoço, nós comemos e depois todos foram pra piscina, já que tinha sol

você: eu não entendo esse lugar, primeiro neva pra caralho e depois vem o sol

eu e a Angel ficamos sentadas na grama enquanto os moços (-q) se jogavam na piscina (a da rua, não a do seu quarto) de roupa

CC: vocês não vem?
você: *olhei pra Angel* a gente não t-
Angel: *ela me interrompe* a gente vai sim

ela levanta e me puxa. Eu tiro o meu all-star e o moletom e quando eu ia pular o Ash diz:

Ash: ta, mas vocês só entram com uma condição
você: não sei se você sabe mas essa casa é minha, então eu-
Angel: *ela me interrompe* qual?
Ash: só entra se tirar o resto da roupa  66'

ignorei aquilo e me joguei dentro da piscina (não, não, me joguei fora e quebrei a perna). Olhei pra Angel e ela tinha sentado na grama de novo

você: não vai entrar?
Angel: nãããão......
você: *mostro a lingua pra ela*

fiquei só uns minutinhos na piscina. Sai e fui tomar um banho rapido. Tomei o banho e vesti uma calça jeans e um moletom do Batman:


Saio do banheiro e vejo que os moços já tinham tomado banho também, será que eu demorei muito pra tomar banho? Me juntei a eles e nós ficamos olhando desenho... A Angel não tava junto, acho que ela foi pra casa dela. Estavamos nos divertindo até que alguém começou a me ligar. Atendi ali mesmo, tava com preguiça de levantar

Ligação on~~
pessoamisteriosa: (seunome)??
você: sim... Quem fala?
pessoamisteriosa: é o Jack Black, lembra de mim?
você: ... espera, JB?
Jables: aham~
você: quanto tempo... Já arranjou trabalho ou continua vagabundeando?
Jables: bom, é nisso que eu preciso de você
você:   *sem animo* fala
Jables: liga o Skype pra gente se ver
você: ta, to indo lá tchau
Ligação off~~

Coala: quem era?
você: o JB
Coala: aquele vagabundo nunca mais falou com a gente
você: verdade
CC: desculpe, mas nós podemos saber quem é JB?
você: ah, ele era um antigo colega da minha mãe, quando ela morava em Hollywood
Jinxx: mas vocês não são brasileiros?
você: nós somos, minha mãe morou lá por um tempo, mas ela nasceu no Brazil... Querem conhecer o JB?
eles: aham

fomos pro quarto branco porque o notebook estava lá. Peguei a Georgia no colo e o Coala pegou o Freddie. Liguei o Skype e lá estava o velho JB

Conversa (de video) on~~
você: oi
JB: oi... quem são esses?
você: *apresento eles (preguiça)*
CC: espera, você é o Jack Black, o cara que fez o filme School of Rock e varios outros filmes, né?
JB: sim, sou eu
todos (nem todos): eu adoro o filme School of Rock
JB: valeu
você: onde tá o KG?
JB: vou chamá-lo *ele grita:*   KYLEEEE  GAAAAASSSS
KG: oqueeeee????
JB:  A  (SEUNOME) TA AQUI
KG:  ela ta aqui? *ele aparece do nada*
JB: aham
KG: onde, não to vendo ela... *ele fica olhando pra todos os lados da casa*
JB: aqui, na tela
KG: *olha pra tela* ah, (SEUNOME) quanto tempo
você: aham :)    ta, mas em que eu vou ajudar?
JB: você e o Felipe vão nos ajudar em um trabalho
você: arranjou um trabalho? e qual é?
JB: lembra a Tenacious D?
você: aham
JB: a gente foi pra gravadora e conseguimos um produtoooor
você: sério?
JB: aham, só que a gente ainda não tem a letra da Kickapoo e nem a letra da batalha contra o Beelzeboss
você: e vocês precisam da nossa ajuda pra isso?
JB&KG: é
Coala: e porque vocês não escrevem?
KG: porque..... ultimamente nós estamos tendo bloqueios de criatividade
você: sei, e esses bloqueios se chamam preguiça
JB: digamos que sim.... tá mas vocês vão nos ajudar?
você: fazer o que... vamos?
Coala: vamos
JB: ok, primeiro vamos fazer a Kickapoo, nós já temos a melodia, só falta a letra
Coala: isso é trabalho da (seunome)
você:  taa, mas eu não quero que digam que fui eu que escrevi, Coala, pega um papel e uma caneta
Coala: e onde tem isso?
você: ali naquela mesinha, na segunda gaveta tem as folhas e a caneta tem ali em cima *aponto pra mesinha*
Coala: ok, *ele pegou as coisas e me entregou*
Jake: porque você não quer dizer que foi você que escreveu?
você: porque, se algum dia alguém escutar essa música e gostar  *falo pro JB: não se ofenda* eu não quero ser acediada, tenho vergonha
JB: eu não me ofendi... você sabe sobre a historia de Kickapoo? Se não sabe eu posso contar
você: eu sei da sua historia, você ja contou ela umas trinta vezes... Qual é a melodia?
JB: hey KG pega os violões.... e (seunome), escreva isso como se fosse eu
Coala: ah, isso é facil, só escreve um monte de palavrões e ta feito
JB: HA-HA-HA, muito engraçado ¬¬

o KG pega os violões e eles tocam a música inteira, depois que eles acabam de tocar eu peço pra eles me enviarem uma foto da partitura (a folha que se escreve as notas) eles me enviaram e eu comecei a rabiscar

Ash: qual é a historia de Kickapoo?
JB: ah, quando eu era criança, eu morei em Kickapoo com a minha familia, todos eram muito religiosos, até que um dia eu escrevi uma musica, meu pai brigou comigo, arrancou todos os meus posters mas esqueceu um do Dio que estava atras da porta e o poster começou a se mexer e o próprio Dio disse pra mim ir pra Hollywood e formar uma banda
Andy: o poster se mexeu?
JB: sim
Andy: quantos anos você tinha?
JB: acho que uns onze
você: canta e toca a música que você escreveu quando tinha onze anos
JB: ok:
Oh, the dragon's balls were blazin' as I stepped into his cave, 
Then I sliced his fuckin' cockles,
With a long and shiny blade!
'Twas I who fucked the dragon,
Fuckalize sing-fuckaloo!
And if you try to fuck with me,
Then I shall fuck you too!
Gotta get it on in the party zone!
I got to shoot a load in the party zone!
Gotta lick a toad in the party zone!
Gotta suck a chode in the party zone!
você: ...ok

eu escrevo enquanto eles ficam conversando. Se passam os minutos e eu termino de escrever

você: terminei! E tipo, eu fiz assim, primeiro é você -JB- que canta, depois é você pequeno cantando essa música que você escreveu, depois seu pai, dai você pequeno, dai o poster do Dio e por último você
JB: ta, KG, vamos tocar pra ela cantar
você: hey, eu não vou cantar
JB: vai sim, sua voz é legal, canta logo... já comecei a tocar, canta *ele começa tocar*
você: seu puto *começo a cantar:
(JB-atual)
A long ass fuckin' time ago,  
In a town called Kickapoo,
There lived a humble family
Religious through and through.
But, yeah, there was a black sheep
And he knew just what to do.
His name was young J.B. and he refused to step in-line.
A vision, he did see it
Fuckin' rockin' all the time.
He wrote a tasty jam and all the planets did align.

(JB-criança)
Oh, the dragon's balls were blazin' as I stepped into his cave,
Then I sliced his fuckin' cockles,
With a long and shiny blade!
'Twas I who fucked the dragon,
Fuckalize sing-fuckaloo!
And if you try to fuck with me,
Then I shall fuck you too!
Gotta get it on in the party zone!
I got to shoot a load in the party zone!
Gotta lick a toad in the party zone!
Gotta suck a chode in the party zone!
Ahh!!

(Pai do JB)
You disobeyed my orders, son,
Why were you ever born?
Your brother's ten times better than you,
Jesus loves him more.
This music that you've played for us comes from the depths of hell.
Rock and roll's The Devil's work, he wants you to rebel.
You'll become a mindless puppet;
Beelzebub will pull the strings!
Your heart will lose direction,
And chaos it will bring.
You better shut your mouth,
you better watch your tone!
You're grounded for a week with no telephone!
Don't let me hear you cry,
Don't let me hear you moan!
You gotta praise The Lord when you're in my home!

(JB-criança)
Dio, can you hear me?
I am lost and so alone.
I'm asking for your guidance.
Would you come down from your throne?
I need a tight compadre who will teach me how to rock.
My father thinks you're evil,
But, man, he can suck a cock.
Rock is not The Devil's work,
It's magical and rad
I'll never rock as long as I am stuck here with my dad.

(Dio-poster)
I hear you, brave young Jables,
You are hungry for the rock.
But to learn the ancient method,
Sacred doors you must unlock.
Escape your father's clutches,
And this oppressive neighborhood.
On a journey you must go,
To find the land of Hollywoooooooood!
In The City of Fallen Angels,
Where the ocean meets the sand,
You will form a strong alliance,
And the world's most awesome band.
To find your fame and fortune,
Through the valley you must walk.
You will face your inner demons.
Now go my son and rooooooooock!

(JB-atual)
So he bailed from fucking Kickapoo With hunger in his heart;
And he journeyed far and wide to find the secrets of his art;
But in the end he knew that he would find his counterpart.
Rooooock. Rah-ha-ha-ha-hock. Ro-hoh-hoh-hey-yeah-hey-yeah-hey-yeah-hey-yeah-hey-yeah-hoh-roooock.
(Kickapoo) (esse ali do lado < é o link do clipe já feito e tem legenda)



terminei de cantar e o KG foi o primeiro a comentar

JB: garota, sua voz mudou muito, ta perfeita... A música ficou ótima, me manda a letra e quando eu canto, quando o meu pai canta e o resto do povo canta.... Vou falar com meu produtor pra ele pedir o Dio emprestado e ahh, vai dar tudo certo graças a você!!!!!
você: nossa, eu fui tão importante?
KG: é que a gente precisa dessa música pra amanhã de manhã  :)
você: ok, to enviando a letra 
Jake: ... sua voz.... é...
CC: .... é muito...
Andy: sua voz é perfeita!!
Ash: muito
Jinxx: com toda a certeza
você: obrigada *minhas bochechas coraram*
JB: ah caralho, cade o Felipe?
você: acho que ele foi pra sala, vou procurar... alguém vem junto?
Andy: eu vou
você: mais alguém?
todos: não

saímos do quarto branco, fechei a porta atrás de mim e o Andy entrelaçou um braço na minha cintura me puxando pra perto dele

Andy: sua voz... é linda
você: o-obrigada

estávamos descendo as escadas quando eu vejo duas pessoinhas quase se comendo (se beijando) no sofá. E eram a Angel e o Coala. Quase pulei de alegria

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Always loved you... Cap. 25

Desliguei as luzes e o abajur do quarto dela e voltamos pra festa
Angel off~~


Você on~~
Escuto alguém batendo na porta e sento na cama, senti uma puta dor de cabeça, ressaca, pensei. Olhei no visor do celular e vi que eram quase duas horas da madrugada. Quem estaria me incomodando a essa hora. Levantei e fiquei tonta, coloquei a mão na parede pra me equilibrar e então ouvi alguém batendo na porta de novo. Minha visão estava muito embaçada por causa do sono e meus olhos pesaram. Quando estava chegando na porta senti um frio enorme. Abri a porta e vi o Andy com o Ash pendurado no ombro. Dei passagem para ele entrar, pois lembrei que eles iriam dormir no meu quarto esta noite

Andy: onde coloco ele?
Você: pode colocar na cama

O Andy colocou ele na cama e nem fez questão de cobri-lo. Cheguei perto da cama e cobri o Ash. O Andy estava de pé olhando pra mim e então ele perguntou

Andy: você se importa se nós ficarmos aqui? Eu posso dormir na sala *eu interrompo*
Você: não, deita ai com ele
Andy: eu não vou dormir no lado desse viado
Você: vai, sim, deita ai que eu to com sono
Andy: e você vai dormir aonde?
Você: *coloco uns cobertores no sofá que fica perto da minha cama* aqui
Andy: ta louca?
 Você: não, e não adianta reclamar, eu não vou sair daqui, boa noite

Me deitei no sofá de couro, que estava muito gelado. Me cobri no intuito de me esquentar, o que não adiantou
 você off~~


Andy on~~
Entrei naquele quarto e vi ela com uma camisa do Batman e só de calcinha. Acho que ela não percebeu que estava com aquele pijama, porque ela agiu como se nada tivesse acontecido. Coloquei o Ash de qualquer jeito na cama e ela veio e cobriu ele. Olhei pras pernas dela, muito pouco mostradas e seu corpo perfeito que nos foi revelado hoje a tarde. Ela me olhou e eu rapidamente parei de olhar o corpo dela e perguntei

Andy: você se importa se nós ficarmos aqui? Eu posso dormir na sala *ela interrompe*
Você: não, deita ai com ele
Andy: eu não vou dormir no lado desse viado
Você: vai, sim, deita ai que eu to com sono
Andy: e você vai dormir aonde?
Você: *colocou uns cobertores no sofá que fica perto da minha cama* aqui
Andy: ta louca?
Você: não, e não adianta reclamar, eu não vou sair daqui, boa noite

Ela deitou e eu vi o seu corpo estremecer, deve ter sido pelo couro que parecia muito gelado. Ela se cobriu e acho que ela estava com frio. Sem hesitar perguntei

Andy: vem cá, deita aqui

Ela me olhou e suas bochechas coraram

Você: ficou louco?
Andy: não mas você ficou, quer morrer de frio, pegar um resfriado?
Você: eu não vou pegar um resfriado *ela disse sem jeito*
Andy: você que sabe, eu vou desligar a luz e se você quiser pode deitar aqui, eu não mordo

Ela corou mais um pouco e eu desliguei a luz. Uns doze segundos se passaram, eu ouvi passos e o cobertor foi erguido, um grande frio percorreu meu corpo. Então senti a cama afundar levemente ao meu lado

Você on~~
Ai meus deuses, eu não acredito que vou fazer isso. Eu não acredito que eu estou indo me deitar ao lado dele. Levantei daquele sofá frio e andei até a cama. A luz da lua refletia no quarto, permitindo que eu enxergasse um pouco. Ergui as cobertas e vi que ele estava sem camisa. Meus deuses, tenho que admitir que ele era muito gostoso. Corei com o que vi e então me deitei ao lado dele, tentando não encostar meu corpo com o dele. Me cobri e senti um leve choque quando um braço envolveu minha cintura. Corei ainda mais quando ele me puxou mais pra perto e eu pude sentir o corpo quente dele colado no meu. A respiração descompassada batendo na minha nuca. Quando de repente ele diz no meu ouvido

Andy: boa noite
Você: b-boa... boa noite

Gaguejei e dormi na hora
Você off~~


Angel on~~
Acordei na minha casa –obviamente- até porque depois da festa eu fui dormir lá, né? Acordei umas 8:30AM como de costume, me arrumei e peguei a chave da casa da Ursa, que eu tinha uma cópia. Dei um beijo na minha mãe e sai. Já eram quase nove horas da manhã, o dia estava ensolarado e quente e era inverno, que tempo louco. Cheguei na casa da (seu nome) e como na maioria das vezes fui em direção ao quarto dela porque a noite ela se meche muito e joga as cobertas no chão, entrei no quarto da Ursa pra cobri-la e meu deus... Eu estou vendo isso mesmo? Cheguei e a cena que eu vi eu nunca imaginaria. Os cobertores estavam todos jogados pela cama e o Andy e a Ursa estavam colados, abraçados. E se fosse outra pessoa que tivesse visto essa cena, pensaria bobagem, até porque a Ursa estava com aquele pijama que era uma blusa e uma calcinha e o Andy estava sem camisa, abraçado nela. Quase pulei de alegria, eu to tentando arranjar um namorado pra ela e acabo vendo essa cena. Minhas alegrias foram embora quando eu vi o Ash deitado no outro lado da cama, quase caindo. Ele bebeu demais ontem.  Deixei eles lá, dormindo, sai e deixei a porta do quarto dela aberta e fui olhar os meus pequeninos. O Freddie e a Georgia. Brinquei um pouco com eles e dei um pouquinho de comida, depois deixei a porta do quarto branco aberta para eles poderem sair e andar pela casa. Quando eu estava descendo as escadas a Georgia passou quase voando por mim indo direto pro quarto da Ursa.
Angel off~~


Você on~~
Eu estava dormindo até que alguma coisa começa a lamber meu nariz. Abro um olho e vejo a Georgia lambendo o meu nariz. Deu uma risadinha baixa porque aquilo fazia cócegas e disse

Você: para, Georgia...

Ela continuou lambendo meu nariz

Você: ta eu já acordei, sai de cima da minha cama

Ela parou e desceu da minha cama. Tentei me levantar e percebi que tinha um braço por cima de mim não me deixando levantar. Olhei com o canto do olho e vi o Andy todo abraçado em mim, como se eu fosse um ursinho de pelucia. Pude até sentir minhas bochechas corando, e bem rápido -e não sei como- sai da cama e tropecei em um tapete que eu podia jurar que não estava ali. Levantei do chão e percebi que o Andy estava acordando e que eu tinha dormido só de calcinha e uma blusa. Quando ele abriu os olhos eu puxei um cobertor e me cobri. Ele olhou pra mim e eu corei



Andy: bom dia

Você: b-bomd.. bom dia 


Disse isso e fui  pro banheiro e lá me tranquei. Me olhei no espelho e vi minhas bochechas vermelhas e senti uma dor de cabeça muito forte. Massageei minha têmpora direita e fui tomar banho. Não demorei muito e fui me vestir. Coloquei uma roupa pra sair caso a Angel invente alguma coisa:



Sai do banheiro e vi que o Andy tinha voltado a dormir e o Ash tinha caído da cama. Sai do meu quarto e a Georgia começou a pular, peguei ela no colo porque ela ainda era pequenininha e não era pesada. Fui com ela no colo até a cozinha e lá vi a Angel sentada na bancada com uma xícara nas mãos

Você: bom dia
Angel: bom dia... e como foi a noite?
Você: ... ahm... normal
Angel:  sei, passou frio?
Você: *só balanço a cabeça negativamente*
Angel: hmm, remédio? *ela me mostra uma cartela de comprimidos*
Você: por favor

Coloco a Georgia no chão e pego um copo de água e tomo o comprimido. Sentei em uma cadeirinha que tinha ali e fitei o chão por uns segundos

Você: como eu cheguei em casa e como eu fui parar naquele pijama?
Angel: ahh, você ainda não lembrou... até que parte você lembra?
Você:...vamos ver, nós vamos pra festa, eu vou pro bar, tomo um negócio muito louco, te desafio pra uma aposta, ganho a aposta, você vai correndo pro banheiro, eu continuo bebendo com os garotos e.... não lembro mais nada
Angel: vocês ficaram bebendo até que você fica meio muito bêbada (sim é pra ter o ‘meio muito’ junto, não foi erro) e você subiu na bancada do bar e eu acho que você ia dançar, mas o Bedô foi mais rápido e te jogou no ombro dele, você ficou se debatendo e do nada dormiu. Ele te levou pro carro e eu fui junto, chegamos aqui e ele ficou arrumando sua cama enquanto eu te dava banho e, ahh, ele me contou do primeiro beijo de vocês, eu achei fofo o jeitinho que ele ficou falando e eu nunca imaginaria que você fez ele prometer que nunca mais ia te dar banho se ele nem tirou suas roupas intimas, mas voltando ao assunto, depois que eu já tinha tirado você da água eu te entreguei o pijama, você vestiu ele e foi dormir, e depois dessa parte eu posso ter certeza que você lembra

Ela falou bem rapidinho mas eu entendi.. Aos poucos minha dor de cabeça foi amenizando e apareceu o Jake. Ele deu bom dia pra nós e sentou conosco na cozinha

Você: precisa de remédio?
Jake: preciso
Você: ó *entrego a cartelinha pra ele*

Ele vai na geladeira, pega água gelada e toma o comprimido. Ficamos conversando e as pessoas começam a aparecer. Só faltava o Ash

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
desculpa se tem algum erro, eu to ficando meio sem tempo... XoXo, Rafa

domingo, 5 de maio de 2013

Ah!!!

gentee, vi dois comentarios!!!! Desculpa, eu não tinha visto antees!!!! Ahhhh, dois comentarios!!!! Eu tenho dois comentarioss!!! *dancinha esquisita*  Os comentarios foram da Chelsea e da juliana alves!!!! Obrigada, lindhas, não sei se vocês ainda leem esse imagine, mas saibam que vocês foram as duas primeiras!!! Sim, eu to muito feliz por dois comentarios!!!!  Quando eu comecei esse imagine algumas pessoas disseram que ninguém iria comentar ou ler, então, eu peguei e comecei a escrever e não pedi divulgação pra nenhum blog, no dia que eu ganhei um seguidor minha alegria subiu muito, quando eu vi que já tinha passado das 1.000 visualizações, eu pulava pela casa... Obrigada a vocês que leem, minha vida mudou depois que eu comecei este blog, eu sempre gostei de escrever, até comecei um livro anos atrás mas parei, ler e escrever é uma paixão e eu agradeço por todas vocês que talvez estejam lendo isso....

Beijos, Rafa

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Always loved you... Cap. 24

Pra minha sorte, ou azar ela estava colocando gelo em um copo e logo após colocou Jack Daniels e me entregou. E eu, sem pensar duas vezes, aceitei. Eu estava com a roupa mais curta que eu já usei em toda a minha vida, não tenho nada contra quem usa mas eu não gosto tanto assim do meu corpo, prefiro um moleton e uma calça jeans. Precisava beber pelo menos um copo. Do nada, assim, aparece uma pessoinha muito civilizada -Coala- pegando a garrafa do Jack Daniels. E eu, outra pessoa muito civilizada, desço da bancada, fico de pé na frente dele e como eu estou precisando tomar a garrafa inteira pra amenizar a timidez, peço pra ele me devolver

você: devolve essa porra

Coala: porque?

a Angel já aproveita e sai de fininho e vai pra sala


você: eu quero tomar

Coala: que engraçado... eu também
você: legal, cara, mas não é você que vai ter que sair com essa roupa

pego a garrafa da mão dele e sento de novo na bancada. E ele, muito lindo, pega um copo, senta na bancada e toma junto comigo. Tomamos tudo e dá 7:36 PM. Vou pra sala e fico esperando o Bedô. Digamos que o Jack Daniels tinha feito um pouco de efeito assim, sabe? Os meninos chegam na sala e ficam olhando pras minhas pernas. Se eu não tivesse tomando aquela garrafa quase inteira, eu juro que eu estaria com o meu rosto vermelho aos extremos. Mas eu tomei, então, só minhas bochechas coraram um pouco. Ficamos conversando e o Ashley safadão de qualidade (cara, to entrando muito no facebook) ficava olhando pras minhas pernas o tempo todo. Até que o Andy do nada da um tapinha no braço do Ash, sabe, aqueles tapinhas só pro cara se ligar. Esperamos um pouco e o Bedô buzina. Todos saem de casa e eu tranco tudo. Dou oi pro Bedô e ele estranhou um pouco eu estar usando aquele short mas nem comentou. Uns se encaminharam pra um carro e outros pra outro (eu morrendo de preguiça de escrever detalhes). Depois de uns minutos nós chegamos nessa tal boate. Porque, deuses? Por que essa festa tinha que ser em uma boate?? Entramos e tinha varias mulheres semi-nuas -tipo a roupa que eu estava usando, só que o short era mais curto e não era um top, era um soutien- se agarrando com alguns homens. Entro e nem vejo pra onde o resto do povo foi, vou direto pro bar, peço pro barman uma tequila. Ele percebeu que eu não estava me divertindo e disse

barman: pra você eu vou fazer um 'da casa'

você: ok

fico olhando e ele começa a preparar o meu drinque. Ele posiciona três copos grandes de metal na mesa, pega duas garrafas de bebidas que não tinham rótulo, então não pude descobrir quais ele estava colocando. Ele abre as duas ao mesmo tempo e começa a colocar nos copos das laterais. Para, fecha as garrafas e coloca um limão cortado em quatro partes nos três copos, depois pega um líquido que eu pude definir como suco de limão nos três copos também. Coloca uma tampa em cada copo, ele se certifica de ter fechado bem e do nada, ele começa a fazer malabarismo com os copos. Fiquei aflita pensando que ele iria derrubar e derramar todo o líquido de dentro dos copos. Ele para aquela coisa louca e abre todos os copos again, coloca mais algumas bebidas cujas garrafas estavam sem rótulo, chacoalha um copo de cada vez, pega um copo normal de vidro, meio grande também. Ele coloca uns gelos no meu copo e um canudinho e bota o copo bem na minha frente. Primeiro ele despeja um pouco de uma bebida de cor amarela, depois, ele pega o outro copo e a bebida tinha outra cor, era laranja, despeja um pouco e por último, pega o copo que estava no outro canto da mesa, e termina de encher meu copo com uma bebida bem vermelha ((gente, eu inventei essa bebida e adoro inventar coisas, mesmo que elas pareçam sem sentido)). O liquido dentro do meu copo estava de uma cor laranja forte quase marrom. Ele me entrega e diz


barman: sem medo

você: ok... mas eu posso saber quais bebidas você botou aqui? E como chegou a essas cores?
barman: não :) *e vai atender outras pessoas*

olho pro copo na minha frente, e fico imaginando que gosto isso teria? Pego o copo e tomo um gole no canudinho. Meus deuses, que negócio forte, e bom 


você: *tomo um gole* o.o meus deuses 


começo a tomar e a Angel aparece toda alegrinha e pede uma vodka, e o barman deu uma vodka pra ela '-'. Ela tomou aquilo super rápido e eu só no canudinho


Angel: o que você tá tomando?

você: sei lá
Angel: hmm

depois do copo inteiro eu já estava, digamos que, um pouco bêbada


você: aposto que você não consegue tomar mais tequila que eu

barman: isso me parece um desafio

ele avisa pra todos do bar e eles ficam olhando pra gente, eu olho pra Angel e ela assente, olho pro barman e digo


você: pode começar


ele pegou aqueles copinhos e encheu dez, colocou na minha frente e fez o mesmo pra Angel. E pra quem não sabe, esses são os copinhos:

depois de os copinhos estarem posicionados na nossa frente o barman disse

barman: essa aposta é de quem aguenta mais e não de quem bebe mais rápido, podem demorar o quanto quiser, só ganha quem tomar mais


você&Angel: ok



Depois de vários copinhos ela finalmente desistiu e cara, eu tava muito bêbada. Olhei pro lado e vi todos os meninos lindos que estão morando na minha casa, o Coala tbm tava junto, mas ele não se inclui no clube dos lindos que moram na minha casa. Os meninos (do bvb) estavam boquiabertos, imaginei que fosse pela quantidade que bebi, meus sentidos estavam sumindo aos poucos

Você: que foi?
Todos: nada

Bebi mais um pouco e digamos que eu fiz uma coisa que não faria se estivesse sóbria
Você off~~


Bedô on~~
Eu estava em alguma parte da boate, quando vi que todos estavam rindo e gritando “vira, vira, vira”, olhei pro local dos gritos, o bar e vi a Angel e a Ursa rodeadas por aquela multidão vibrante. Chamei os meninos e fomos todos pro bar ver as façanhas das garotas. Chegamos no bar e ficamos olhando as duas tomando copinhos de tequila e os garotos que estavam morando com a Ursa (viramos amigos, então não se alterem se eu chama-los de viados) ficaram boquiabertos. Esperamos até que a Angel desistiu correndo pro banheiro, a (seu nome) olhou pra nós e perguntou “que foi?”. Depois dessa pergunta o Coala foi procurar a Angel e nós ficamos bebendo com a Ursa, até que ela deu os sinais que ela sempre dá quando fica beem bêbada. Com anos de convivência descobri que se a Ursa fica bêbada ela não sai vomitando e caindo por ai, muito pelo contrario, a bebida desperta o lado selvagem e nada tímido da garota. Quando ela subiu no balcão eu a coloquei no meu ombro antes que ela começasse a dançar e sim, isso já aconteceu. Sabe quando você pega alguém e coloca no ombro  (produção:se eu achar uma imagem coloco no final) e essa pessoa fica se debatendo e socando suas costas? É exatamente o que ela estava fazendo. Falei pros garotos que iria leva-la pra casa e voltaria daqui a poucos minutos. Quando eu estava quase na porta a Angel chega e diz que vai junto. Quando coloquei ela deitada no banco de trás do carro percebi que ela dormia. Abri a porta do passageiro pra Angel

Angel: obrigada
Bedô: agradeça a Ursa, foi ela que me ensinou tudo que sei

Fechei a porta depois que ela sentou e me dirigi até o banco do motorista. Depois de pouco tempo chegamos na casa da Ursa. Antes de eu ter tempo de ir até o outro lado pra abrir a porta pra Angel ela já tinha saído do carro e se dirigia pra porta da casa para abri-la. Abri a porta de trás do carro e peguei a Ursa no colo. Entrei com ela e a Angel fechou a porta atrás de mim, parei na frente da porta do quarto dela por não conseguir abrir a porta. A Angel veio e abriu pra mim, disse baixinho um “obrigado” e ela somente assentiu. Entrei e coloquei-a na cama

Bedô: você vai voltar pra festa?
Angel: vou, sim
Bedô: e fazemos o que com ela? Deixamos ela dormindo ou você da um banho nela?
Angel: acho melhor ela tomar um banho... gelado *ela disse olhando pra Ursa*
Bedô: ok, enquanto você da banho nela eu vou arrumando a cama... Faz alguns anos que eu prometi que nunca mais faria isso
Angel: você deu um banho nela? *ela me perguntou um pouco assustada*
Bedô: calma, foi a uns quatro anos, ela devia ter uns 12 anos, ela tinha bebido muito e acho que você sabe que ela fica meio... “selvagem” *ela assentiu*, então eu levei ela pra casa dela antes que ela fizesse alguma coisa, como ela não estava em seu estado normal eu decidi dar um banho nela
Angel: o.o
Bedô: ... Ah, você deve estar pensando que eu aproveitei a situação... Não, eu não teria a capacidade de fazer isso sem ela estar ciente, tirei só a blusa dela... No outro dia ela lembrou de tudo e, digamos que ela tenha corado violentamente, e ela me fez prometer que nunca mais faria aquilo
Angel: você gostava dela?
Bedô: eu não sabia o que eu realmente sentia, cinco dias depois desse ocorrido eu beijei ela, mas nada contra a vontade dela, ela também queria saber o que sentia
Angel: vocês se beijaram? E o que aconteceu?
Bedô: nós não sentimos nada, não sei se você sabe, mas quando você beija alguém que realmente gosta como mais de um amigo, rola uma “química”, nem que seja um atrito de corpos, um leve arrepio ou até mesmo as mãos suando
Angel: e vocês não sentiram nada? Nadinha?
Bedô: depois que terminamos o beijo, ela riu e perguntamos em exatamente ao mesmo tempo “sentiu alguma coisa?” e respondemos ao mesmo tempo “nada” depois desse dia, ela não tinha mais medo e nem vergonha de se aproximar de mim
Angel: ela tinha medo?
Bedô: medo não, receio, talvez
Angel: mas por quê?
Bedô: ela não queria que a nossa amizade acabasse

Depois disso ela deu um sorriso e pediu pra mim levar a Ursa até o box no banheiro. Levei ela e a coloquei bem embaixo do chuveiro e ela acordou

Angel: eu assumo daqui, não quero que você quebre sua promessa

Sai do banheiro e arrumei a cama dela
Bedô off~~


Angel on~~
Bedô me contou coisas legais, que eu achei fofas. Nunca imaginei que tenha sido assim. Pedi pra ele leva-la até o box, e depois assumi. Tirei as roupas dela a deixando apenas de roupas intimas, ela também me fez prometer que se ela bebesse e eu tivesse que dar um banho gelado nela era pra deixa-la de roupas intimas. Ela estava acordada e só estava de olhos fechados então tive que segura-la pelos ombros. Abri o registro e a água fria escorreu sobre o corpo quente da Ursa e minhas mãos. Ela ligeiramente abriu os olhos, deu gritinhos e tentou sair do box, mas eu fiquei segurando ela. E depois de torturantes cinco minutos na água fria, desliguei o registro e a sequei com a toalha. Vendo que ela estava acordada perguntei

Angel: consegue se vestir?

Ela apenas assentiu com a cabeça (não, com o pé) e entreguei o pijama favorito dela



Ela nem pediu pra mim me virar e já foi tirando as roupas intimas molhadas, por um minuto esqueci que ela estava bêbada, ela colocou o pijama e veio cambaleando de tanto sono, segurei ela antes que a mesma caísse e a levai pro quarto onde a cama já estava arrumada. Foi só cobri-la que ela já dormiu

Angel: que horas são?
Bedô: *olhou no relógio* 10:26 da noite
Angel: vamos voltar?
Bedô: se eu ainda a conheço, sei que agora ela só vai acordar se alguém chamar... Vamos

Desliguei as luzes e o abajur do quarto dela e voltamos pra festa
Angel off~~ ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Notas da autora: foi mais ou menos assim que o Bedô te carregou



Always loved you... Cap. 23

pego a nutella e como panqueca com nutella. Conversamos um pouco e o Jinxx aparece, me da um beijo -na bochecha- de bom dia e toma café conosco. 

Angel: *aparece voando na cozinha* olha, olha, olhaaa *.*

ela me mostra um coturno com salto (sei lá o nome) muito lindo. Coloco e fica perfeito (só pra avisar, vocês usavam o mesmo tamanho de roupas e calçavam o mesmo numero de sapatos, por isso ficavam o tempo todo pegando emprestado). Esse coturno



ela senta junto na mesa e tomamos café. Depois aparece o CC e da um beijo de bom dia em mim e na Angel. Depois desce o Ash, que também da um beijo em mim e na Angel. E depois de uns minutos desce o Andy e o Coala, que fazem a mesma coisa que todos, um beijo em mim e na Angel. Nós tomamos o café da manhã e terminamos de nos arrumar. Combinamos de nos encontrar no shopping e pegamos três táxis, eu, a Angel e o Coala em um, o CC, o Ash e o Jinxx em outro e o Jake e o Andy em  outro. Eu, Angel e Coala chegamos primeiro e ficamos esperando. Depois de uns cinco minutos chega o Ash, o Jinxx e o CC e logo depois vem o Andy e o Jake. Entramos no Shopping e vamos direto em uma galeira que tinha lá. Compramos varias coisas e depois fomos pra praça de alimentação. Comemos e ficamos rodando o Shopping por uma hora.

Angel: a gente podia olhar um filme, né?
todos: claro

fomos no cinema e olhamos (um filme que você goste)  ((o cinema estava aberto de manhã, ok?)) depois que o filme acabou nós saímos do shopping e começamos a andar pela cidade. Agora estamos a caminho de um restaurante, já que o CC não para de reclamar que está com fome...

Jinxx: cara, você comeu um balde de pipoca
CC: não foi o suficiente
você: gente, deixem ele... até porque eu também estou com fome
Jake: só que você não comeu um balde de pipoca sozinha... Alias, eu nem vi o que você comeu
você: um pacotinho de m&m's   :3
CC: não sei como essa criatura sobrevive...
Angel: eu sei... vocês viram o que ela comeu na praça de alimentação?
Coala: não prestei atenção
Andy: eu vi... ela comeu uns sete risoles de frango, um sanduíche e quatro mini pizzas
Jake: e você esqueceu das cinco panquecas no café da manhã... com nutella
você: *um pouco vermelha* sim, eu comi tudo isso, satisfeitos? *falo baixinho* e ainda foi pouco
Angel: não ouvi... o que você disse?
você: nada

chegamos no restaurante e eu, o CC e o Ash, pedimos o almoço enquanto os outros só pediram algo pra tomar. Terminamos de almoçar e voltamos a andar pela cidade... Entramos em vários lugares e rodamos metade da cidade, mais ou menos umas 4:00 PM alguém me liga e era a minha avó

Ligação~~

você: alô
Mennie: oi, querida, é a vovó
você: oi vovó
Mennie: ouve uns imprevistos, então, eu e José vamos hoje mesmo para Paris e precisamos de vocês aqui o mais rápido possível
você: claro, se importaria se eu levasse umas pessoas junto?
Mennie: pode trazer quem  você quiser, minha querida
você: obrigada, vovó... Estamos indo agora
Mennie: muito obrigada, minha querida... até daqui a pouco
você: até

Ligação off~~

sem explicar nada coloco todos em um taxi e digo ao motorista aonde ele deveria nos deixar. Depois de minutos nós chegamos e eles ficavam o tempo todo perguntando onde nós estamos e o que nós estamos fazendo aqui. Obviamente, sem respostas... eu sou muito má MUAHAHAHA. Andamos por uma estrada de chão por alguns quilômetros, já que a fazenda era um pouco longe e o motorista do taxi não nos levou até o portão da fazenda achando que não existe nada nesse lugar. O Coala já sabia onde nós estavamos indo e ficou calado. Andamos, andamos, andamos até que chegamos (nossa, Rafaela, você é realmente uma poeta). Atravessamos os campos onde os cavalos não estavam. Devem estar no estábulo. Andamos mais um pouco e chegamos na casa dos meu avós. Começamos a subir as escadas pra chegar na varanda e meu avô aparece com algumas malas nas mãos. Eu apresento todos pro meu avô, ele diz que minha avó esta la dentro e ele continua a levar as malas pro carro. Todos entramos e ela estava sentada em uma cadeira de balanço tricotando alguma coisa. Ela larga as agulhas e abraça a todos e ficamos conversando sobre como eu e o Coala deveriamos agir aqui na fazenda e o vovô diz que eles contrataram alguém para alimentar os animais todos os dias então nós não precisariamos nos preocupar em vir pra fazenda todos os dias. Nos despedimos, eles entregam as chaves pra mim e foram pro aeroporto

você: quem quer andar de cavalo?
Jake: eu o/
Angel: eu o/
Ash: eu  o/

levei os que queriam pro estabulo e o resto ficou por lá. Depois de mais ou menos uma hora voltamos pra casa. E enquanto todos estavam comendo sorvete o Bedô me liga

Ligação on~~
Bedô: ursa, minha linda, vocês vem?
você: pra onde?
Bedô: pra festa?
você: vish, nem perguntei, espera um pouco *pergunto pra eles: 'querem ir em uma festa hoje?' e eles respondem: 'sim'*  Bedô, sim, a gente vai
Bedô: ok, pego vocês ás 8:00 PM
você: tá, beijo
Bedô: beijo
Ligação off~~

olho as hora, 5:16

você: pessoas, o Bedô vem buscar a gente ás 8 horas, tá?
todos: táh

deixo eles na sala assistindo TV e vou tomar um banho. Tomo banho rápido e visto uma roupa de ficar em casa. Saio do banheiro e vejo um bilhete da Angel

bilhete~~

Ursa, fui pra minha casa me arrumar, já já volto praí... Não coloca a roupa pra festa, ok? Espera eu chegar...
xoxo -Angel

bilhete~~

Saio do meu quarto e todos estavam na sala

você: a Angel já voltou?
todos: não

Fico na sala esperando ela chegar. Depois de meia hora ela vem com uma sacola de roupas e nós vamos pro meu quarto. Ela tira todas as roupas de dentro da sacola e coloca em cima da minha cama.

Angel: lembra que eu teve um dia que nós estavamos jogando aquele jogo de desafio?
você: talvez
Angel: eu desafiei você a usar roupas bem curtinhas em uma festa e nós apostamos bastante dinheiro nisso, e eu escolheria o que você iria usar
você: o.o você quer que eu faça isso hoje?
Angel: sim, e se não fizer hoooje perde toooodo aquele dinheiro
você: não, Angel, eu achei que você tava brincando, tudo bem eu usar uma roupa curta em casa, mas na frente de um monte de gente em uma festa não
Angel: vai, nem que eu tenha que te amarrar e vesti-la a força
você: sua desgraça
Angel: também te amo
você: eu queria ficar em casa cuidando do Freddie e da Georgia
Angel: eu já arrumei eles no quarto branco, dei comida... já fiz tudo, você vai junto com a gente

começo a vestir um short que ela me entregou

você: sem chance

ela me entrega outro

você: nunca

outro

você: *balanço a cabeça negativamente* não
Angel: ai, guria, esse é o último

ela me entrega e eu visto

você: nossa, esse ficou mais comprido... sqn
Angel: arghh, usa esse e acabou o assunto
você: não, esse foi o mais curto que eu coloquei

ela não me dá ouvidos e vai me entregando umas blusas

você: nenhuma
Angel: põe essa e ponto final *ela pega qualquer uma no montinho e me entrega*

visto aquela e meus deuses, era um top que na verdade era um soutien tomara que caia

você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: não
Angel: sim
você: sim
Angel: viu, até você concordou
você: filha da mãe

coloco o top e vou pro meu guarda-roupa que ficava no banheiro e pego minha caixa de jóias. Quando eu vou colocar um brinco a Angel se intromete e diz que eu tinha que usar outro. Ela acaba escolhendo tudo, até minha maquiagem. Porque eu fui aceitar em ela mexer no meu look sempre que quisesse???? Dou uma ajeitada no cabelo -o que significa bagunça-lo- e vejo a make 

Angel: pronto, você esta linda
você: *me lho no espelho* o.o   menina, eu não vou sair assim
Angel: vai, sim... e trate de ir pra sala ficar conosco
você: eu não vou pra sala enquanto todos estiverem lá
Angel: vai sim *começa a me puxar*
você: ao menos deixa eu botar um casaco
Angel: não
você: *fazendo drama* e se eu pegar um resfriado muuito forte, for pro hospital e lá os medicos descobrirem que eu estou com uma virose muito rara e ter risco de morte? Como você vai ficar? Sabendo que você mandou eu usar essas roupas curtas e sair pra rua? No frio?
Angel: para de fazer drama
você: e se eu morrer???????
Angel: pega logo o casaco  ¬¬
você: :)   *pego o primeiro casaco que eu encontro e visto* pronto
Angel: vamos pra sala

o "look" ficou assim:


sinto meu rosto corar pensando que todos estariam na sala, saio do meu quarto e vejo só o Coala, deitado no sofá

você: cadê o resto do povo?
Coala: se arrumando
você: hmm

a Angel vai pra cozinha e eu vou junto. Sento na bancada e fico olhando o que ela estava fazendo. Pra minha sorte, ou azar ela estava colocando gelo em um copo e logo após colocou Jack Daniels e me entregou. E eu, sem pensar duas vezes, aceitei.